Hora do Planeta, momento de conscientizar e curtir em família #HoradoPlaneta

26 mar

Hoje dia 26 de março das 20:30 as 21:30 em todo o planeta, milhares de pessoas apagarão as luzes de suas casas, se reunirão em praças sob luz de velas, cidades apagarão as luzes de seus monumentos, todos apagando as luzes para ver um mundo melhor.

Todo esse movimento, é pela Hora do Planeta, que  é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.

Não é só pelo fato de apagar as luzes que vale a pena participar (economia de luz/redução do consumo), mas pela atitude de fazer algo diferente. No sábado a noite geralmente vemos filme aqui em casa, hoje nossos planos é de jogar banco imobiliário e brincar com sombras a luz de velas.

Sabe que na infância eu adorava quando acabava a luz!? Não por conta do escuro, do qual tenho medo até hoje, rs. Mas porque mesu pais costumam contar histórias da juventude deles na fazenda. Tem uma que eu adorava, que meu pai contavca que uma certa noite de lua cheia, voltando da casa da minha mãr, teve que fugir de uma onça pelo arrozal. Se era verdade eu não sei, mas esse moemento em família, sem a intromissão da televisão, era muito bom.

A @Samegui sempre fala que “sustentabilidade começa e passa pelo ser humano“, e valorizar estes momentos em família, talvez seja a melhor forma de incentivar meus filhos a pensarem/desejarem um planeta melhor. Melhor para eles, para nós, e para todos.

Dica: Veja o post “Ih acabou a luz“, da causa “Criatividade é o que se usa para construir pessoas” que eu apoio.

 

“Você pode fazer a mudança”, não deixe de ver o inspirador filme da Hora do Planeta 201, e logo abaixo, compartilho o vídeo feito especialmente para nós mamães.

Já pensou no planeta que vai deixar para seus filhos!?

Que valores você transmite para seus filhos!?

23 mar

Recebi hoje por e-mail, crítica do chargista Quino falando de valores que transmitimos aos nossos filhos e consumismo, vale a reflexão….

Obrigada Patricia Cerqueira por compartilhar.

Estar online é mais que um jogo. É sua vida” Dia da Internet Segura

8 fev

 

Hoje, 08 de fevereiro de 2011, comemora-se o Dia Mundial da Internet Segura o qual participam 65 países sob a organização da  Rede Insafe que tem por objetivo agrupar as organizações que trabalham para orientar sobre o uso da internet com segurança.

Como bem comentou Marcelo Tas no vídeo para a campanha, “a Internet não é uma rede de computadores, e sim uma rede mundial de pessoas que usam a Internet”. Assim como na vida real, a nossa liberdade vai até o limite da liberdade e do respeito ao próximo, se é uma rede de pessoas, isso não pode ser ignorado, as pessoas continuam lá, distantes uma das outras mas conectadas, ligadas pela rede.

Sou mãe de três crianças que adoram ficar na Internet, dei aulas por muito tempo para crianças e adolescentes em projetos de inclusão digital, e vejo que a presença na Internet é cada vez mais precoce. Não dá para achar que controlar horários resolve o assunto, precisamos dialogar e estar presente na vida digital de nossos filhos. No “real life” você não quer saber quem são os amigos dos seus filhos e aonde eles andam? Isso deve ser replicado na Internet, mas não acredito que fazê-lo de uma forma invasiva ou punitiva seja eficiente, é conhecer o terreno e estar presente.

Sobre o tema, indico o post da @Samegui em que ela fala do movimento e lista vários posts sobre o assunto, e o post da @CybeleMeyer no @maecomfilhos.

Abaixo postei um vídeo muito divertido do Phineas e Ferb (desenho da Disney) que dá umas dicas bem legais de como se portar neste  mundo virtual, e as dicas  não só para as crianças, para os grandinhos tbm, rs.

Reverência ao destino… Minha história com Carlos Drummond de Andrade

31 jan

Na escola em que fiz o antigo primário (Armando Cridey Riguetti no Itaim Paulista aqui em sampa), tinhamos aulas semanalmente na biblioteca, algo raro em escolas públicas  até hoje. Infelizmente não me lembro o nome da bibliotecária, mas me lembro do seu jeitinho tranquilo de oriental, achava engraçado na 3º série quando ela me questionava se realmente eu tinha lido aquela quantidade de livros que levava para casa.

Foi lá que conheci a coleção Vaga-Lume e a Para gosta de Ler, meu sonho é reunir as duas coleções para meus filhos. E foi meio que aprendendo a gostar de ler, que conheci o Carlos Drummond de Andrade, e depois de mais de 20 anos, ainda me surpreendo com a grandiosidade de sua obra.

Das prosas e histórias de menino em Minas Gerais, das crônicas da pujante São Paulo do final da primeira metade do século XX, aos poemas que tocam e dilaceram a alma.

Obrigado @ValdirJM, por ter compartilhado o vídeo abaixo:

[ update] Depois de postar, descobri que a autoria do poema abaixo, não é confirmada como sendo de Drummond, se alguém souber me confirmar, me avise please [/update]

Reverência ao destino – Carlos Drummond de Andrade
Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso. E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer. Ou ter coragem pra fazer.

Continue lendo

Use a sua imaginação…. #CausaPritt #Criatividade

9 jan

Me deixe jogar bola? não. Então vou ver televisão? não. O que eu faço agora, o que eu faço então? Use a sua imaginação…

(livremente adaptado do musical Plunct Plact Zuum de 1983)

Oficina Criatividade com a Pritt A música acima não é bem assim, mas é como me recordo dela. Afinal, quando foi exibido o especial “Plunct Plact Zuum” eu tinha 4 anos. E foi essa frase que levei na memória e muitas vezes minha mãe cantou para mim e meus irmãos quando ficava meio entediada sem saber com o que brincar. E adivinha!? Cantei para meus irmãos menores@Kriskoo e @JenniinLive,  e continuo cantando para os meus filhos. Para quem não conhece a música, ou quer relembrar, veja neste link.

Há 28 anos já se cantava a importância de se estimular a imaginação e a criatividade, e agora não é diferente né!? Gostei muito da idéia da campanha da Pritt: “Criatividade é o que se usa para construir pessoas“, que conheci através da embaixadora da causa @Samegui em uma oficina muito bacana com o artista plástico Silvio Alvarez. No album abaixo tem as fotinhas do dia da oficina,  e ao lado as criações da minha família usando a técnica de colagens ensinada pelo Silvio Alvarez. Nem preciso dizer o quanto as crianças se divertiram, e por toda as férias convivi com papeis picados pela casa, rs.

Sobre a Causa Pritt
Estudos independentes, feitos em diversos países, chegaram a uma importante conclusão: a participação dos pais na vida dos filhos traz inúmeras consequências positivas, como melhora do rendimento escolar e a formação de pessoas mais seguras, equilibradas e conscientes.Oficina Criatividade com a Pritt (25)
Os educadores concordam que essa participação é benéfica para todos, mas que ela é difícil mesmo em escolas que apoiam essa integração. Os pais, por sua vez, são unânimes em reconhecer a importância dessa participação, e gostariam, sim de participar mais.
Mas não basta querer – é importante agir e fazer isso acontecer. Essa bandeira já está de pé, e agora é sua vez de agir.  Seja um embaixador da causa, ajude a divulgá-la. Saiba mais no site da causa “Criatividade é o que se usa para construir pessoas“.

Fotos da Oficina Pritt com Silvio Alvarez na Estação Ciências em São Paulo:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Criatividade, posted with vodpod


E 2011!? #MemeDasAntigas

31 dez

Falta poucas horas para o fim da primeira década do século XXI. Quando era criança nos longínquos anos 80, imaginávamos esta década bem diferente em um estilo meio Familia Jackson, rs. Não foi assim, mas tudo bem né.

Este foi um ano de muitas conquistas para mim, enfim estou na casa própria com a minha família, eu e meu marido demos novos rumos a nossa vida profissional, ele ainda está experimentando, mas eu sei que fiz a escolha certa.

E 2011? Sei que  nestas épocas sempre ficamos fazendo planos para o próximo ano, iria até listar vários quando comecei a escrever este post, mas quando perguntei para o meu marido o que ele esperava para 2011, ele me deu uma resposta que achei mais conveniente para iniciar o ano:

Não espero nada de 2011, eu vou é correr atrás (by @ValdirJM)

Adorei! E já sei por onde começarei a correr atrás, Campus Party 2011, Conferência Municipal de Juventude de Guarulhos. Nos vemos lá combinado!?

Feliz 2011!!!

Valew @maxreinert pela iniciativa da blogagem #MemeDasAntigas, adorei participar, pena que não consegui postar todos os temas.

Um salve a todos que participaram:   Continue lendo

Meus parceiros de 2010 #MemeDasAntigas

24 dez

Como já citei a minha grande parceria do ano com a @Samegui no post “Meu Blog/site favorito de 2010“, agora vou falar de outra parceria deste ano. Sabe aquelas pessoas/fatos que passam pela sua vida, e são verdadeiros divisores de água!? Pois bem, assim foi o ProJovem neste ano de 2010.

Quando aceitei o convite para ser Orientadora Social fiquei com receio de não dar conta ou de me decepcionar, trabalho com educação profissionalizantes há 8 anos, mas a minha atividade profissional principal, sempre foi na minha área como Administradora. Mas este ano foi diferente, 80% do meu tempo de trabalho seria dedicado à um grupo de adolescentes de 15 à 17 anos da periferia de Guarulhos.

Alguns dos adolescentes do Coletivo Pimentas I - ProJovem Casa da Juventude

E porque foi uma parceria? Em primeiro lugar, por ser um sócio-educativo tinhamos uma relação horizontal, e sem estar no papel da “professora” foi mais fácil se aproximar da turma, mas fui realmente surpreendia com o quanto pude aprender com eles. De uma forma ou de outra, sempre estive envolvida com questões sociais e principalmente para a juventude, mas pela primeira vez pude vivenciar o impacto de uma ação de interesse social, não mais como expectadora mas como agente participante. Conhecer as suas histórias, me fez repensar a minha própria estrada, rever meus limites, desenvolver novas habilidades (como a de não ceder a provocações). É inexplicável ver aqueles jovens se transformando ao longo do percurso,  compartilhando idéias e aprendizados, e neste espaço de trocas de experiências, aprendendo a lidar com seus próprios limites. E principalmente ver ao final da caminhada festejarem os amigos que conquistaram, a história que construíram juntos, e a transformação, senão ainda em suas vidas, pelo menos na forma com que a enfrentam

Adolescentes dos Pimentas na Formatura do ProJovem

Este post foi o tema do dia 07/12 da blogagem #MemeDasAntigas, mas ao postar hoje véspera de Natal, aproveito para agradecer o presente que recebi desses meninos e meninas, ao permitirem que compartilhassem com eles suas histórias, seus dilemas, suas dúvidas, suas descobertas. Agradeço especialmente ao meu coletivo Pimentas I da Casa da Juventude por caminhar ao meu lado; ao Pimentas II, que apesar de terem outra orientadora, sempre me receberam com carinho; e a divertida e querida turma do coletivo Cumbica, que me aturou como facilitadora. Mas fora essa turminha que me acompanhou neste ano, tivemos neste final do ano diversas atividades reunindo os outros coletivos, e fiquei imensamente feliz de receber o carinho também de adolescentes dos outros coletivos que acabaram de me conhecer.

Não posso deixar de citar como parte integrante desta história, os demais orientadores do Programa ProJovem Adolescente 2009/2010. Conheci pessoas fantásticas, que lutam pelo o que acreditam, independente do preço que podem pagar. Obrigada pela força, e pela equipe tão divertida e determinada.

Chego ao final da minha caminhada com o ProJovem, mas saibam que o laço que construímos vai além da nossa relação orientadora/orientando. Independente do nome que você adolescente tenha me dado: policia, irmã, mãe, amiga, ou simplesmente Aline, saiba que sempre podem contar comigo.  Obrigada pelo carinho, pelo aprendizado,  todos vocês meus desejos de um Natal Abençoado, e de um Ano Novo repleto de realizações e novas conquistas.

Fica aqui o meu até logo, continuamos na luta. Nos vemos na Conferência Municipal da Juventude de Guarulhos, em fevereiro de 2011.

 

 

%d blogueiros gostam disto: